Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

sexta-feira, 30 de maio de 2014

NÃO PRECISAMOS DE GOLEIRO

Não sei porque essa história de que o Flamengo está querendo contratar o Júlio César, goleiro da Seleção, um grande rubro-negro (diria até doente).

É um cara que eu gosto muito, um ser humano de primeiríssima; apesar de ter dito, quando chegou à Europa para brilhar e conquistar tudo na Inter de Milão, que "não sonhava e nem pensava em voltar ao Flamengo para encerrar a carreira".

Grande goleiro e flamenguista doente
Depois caiu em desgraça na Copa de 2010, naquela derrota diante da Holanda, 

Depois foi para o pequeno Queens Park Rangers, da Inglaterra e foi rebaixado para a Segunda Divisão. 

Acabou no banquinho e cedido, de graça, ao Toronto, do Canadá, um timinho fraco que disputa a liga norte-americana de soccer.

Por teimosia do Felipão, está de titular na Seleção Brasileira e torço, com toda a sinceridade, para que dê certo.

Não é por causa deste currículo dos quatro últimos anos de carreira que sou contra a vinda do Júlio César.

Sem falar que está com 35 anos, deve ter mais uns dois ou três anos de futebol e seu salário é alto.

Não precisamos de mais goleiros.

Temos três goleiros de ótimo nível.

Ou não temos?

Felipe, Paulo Victor e César são titulares na maioria das equipes do Brasil.

Erram, às vezes? Erram, é claro, mas só erra quem está em campo.

Sejamos justos, na maior parte das vezes, já nos salvaram de muitas derrotas.

Vamos gastar nosso dinheirinho onde precisamos.

Queremos um lateral esquerdo, pelo menos um bom meia armador e um atacante.

Mas, como falei anteriormente, nada de refugos. Precisam ser jogadores de nível para vestir a camisa do Flamengo.

Além da informação que recebi de que o Flamengo estaria conversando com Robinho, soube que o Ney Fraco pediu a contratação do lateral esquerdo Juan "Marrentinho", que ganhou muitos títulos na Gávea.

Só não sei quantas partidas ele já disputou pelo Vitória, neste Brasileirão, e se pode mudar de clube.

Bem, Felipe Ximenes, que era gerente de futebol do Vitória, agora está no Flamengo. 

Vamos ver se esse cara é melhor que o Pelaipe.

Isto é, se o (in)Wallim não atrapalhar.

PASCHOAL AMBRÓSIO FILHO   

Nenhum comentário: