Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

EDUARDO DA SILVA DEVERIA PAGAR O BICHO

Acabou o jejum de cinco jogos.

O título deste meu post é o resumo da vitória de 2 x 1, do Mengão sobre o Figueirense.

Tudo bem que o Eduardo da Silva marcou o seu já clássico golzinho de cabeça em mais um cruzamento certeiro da esquerda, vindo do João Paulo.

O braso-croata, só por isso, já deveria pagar um bicho ao João Paulo.

Aliás, apesar do time do Flamengo estar bem arrumadinho em campo, acho que essa é a única "jogada ensaiada" que temos.

Mais uma vez, o Flamengo jogou bem, marcando com aplicação e tocando a bola com calma, procurando explorar a velocidade do Everton.

Tava tudo muito bem, até os 10 minutos do segundo tempo, quando o Eduardo da Silva abriu mão de marcar um gol, que, talvez, matasse o jogo, Tudo porque "pensou" que estava impedido, tal era a facilidade.

Aí fez uma jogada bisonha, tocando fraquinho de calcanhar, nas mãos do goleiro do Figueirense. Veja o vídeo em meu Facebook. 

https://www.facebook.com/paschoal.ambrosiofilho

Ele, por acaso ouviu o apito do árbitro?

O que você, Eduardo, vai dizer em casa?

Para um jogador de excelente qualidade como ele (eu não disse que é craque), experiente, que jogou na Europa por 15 anos, vestiu a camisa da Seleção da Croácia etc e tal, só uma palavra pode definir a sua atitude: IRRESPONSABILIDADE.

Tanto foi que no ataque seguinte o Figueira empatou e a equipe rubro-negra desandou.

Com as entradas de Muralha e e Gabriel, aí o Flamengo acordou e começou a apertar os catarinenses.

Quem também acordou foi o Canteros, que andava apagadinho em campo e quase marcou. Pena que aquela bola bateu na trave!

Aí veio o Nixon, no lugar do Eduardo.

Aí o jogo esquentou de vez e começou aquela velha blitz rubro-negra de final de jogo.

A nossa conhecida RAÇA!

Tanto apertaram que, depois de uma cobrança de córner, Chicão insistiu duas vezes e a bola achou a cabeça do Nixon, que nos fez dar aquele grito , seguido de um suspiro de alívio.

Seria injusto, pelo que jogou nesta partida e pelo que vinha jogando nas cinco anteriores, quando não venceu, se o Mengão não levasse esses três pontinhos.

Como disse, o Eduardo da Silva só vai dormir uma noite mais ou menos tranquila graças aos seus companheiros, a quem deveria pagar o bicho ou pelo menos um bom jantar.

Nixon volta a ser herói de um jogo
E não é a primeira vez que o garoto Nixon, salva o Fla no finalzinho.

Esteja jogando bem ou esteja jogando mal, esse Nixon não desiste nunca. É impressionante!

O pior é que ainda tem dirigente (talvez até o Luxemburgo) que pensa em dispensar o menino, prata da casa, no final do ano.

Para mim, o Luxemburgo teve uma atuação maravilhosa nesta partida, exatamente por ter colocado o Nixon em campo, em vez daquele tal de Élton.

Aliás, o que é Élton mesmo, hein?

Agora a coisa vai apertar. Estamos em 11º. lugar, a 6 pontos da Zona de Rebaixamento e vamos enfrentar o líder Cruzeiro, no domingo, às 16 h, no Maraca (é nosso).

Se é nosso, não podemos dar os mesmos moles que demos diante de Santos, São Paulo, Palmeiras e Grêmio.

Seriedade até o apito final do árbitro!

PASCHOAL AMBRÓSIO FILHO   

Nenhum comentário: