Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

domingo, 19 de abril de 2015

CADÊ O "POJETO", "POFEXÔ" ?

Já falei aqui outras vezes e repito: o Flamengo tem o melhor elenco do Rio, mas o Pofexô Luxemburgo ainda não conseguiu formar um time.


O Flamengo é um timeco desorganizado, um bando dentro de campo.

Isso ficou, mais uma vez, provado nesta derrota na semifinal do Cariocão, por 1 x 0, diante do Vasco, um velho freguês que não nos vencia há dez jogos ou três anos.

Já vínhamos jogando mal há algum tempo, inclusive empatando sem gols com o ridículo time do Nova Iguaçu e perdendo a Taça Guanabara para os Chorões.

Na base da raça, o Flamengo poderia ter resolvido o jogo no primeiro tempo, mas desperdiçou no mínimo três grandes chances, com Everton, com Alecsandro e numa ótima cobrança de falta de Luiz Antonio.

No segundo tempo, o Vasco veio mais organizado e encurralou o Flamengo, que, como eu disse antes, estava perdido e sem padrão de jogo.

O árbitro Rodrigo Nunes de Sá marcou um pênalti que não existiu, aos 17 minutos do segundo tempo.

Serginho se jogou diante da chegada de Walace que nem chegou a tocá-lo.

Gilberto cobrou e fez o gol da vitória vascaína.

Depois disso os jogadores rubro-negros ficaram mais nervosos ainda e aí é que não jogaram mais nada e perdiam bolas fáceis, além de errarem muitos passes.

Não tínhamos uma jogada treinada, ensaiada ou seja lá o que for.

Era só correria e precipitação.

Cadê o "pojeto", "Pofexô"?
O que o Luxemburgo treinou com os jogadores durante uma semana inteira?

Que trabalho é esse?

De nada adiantaram as tentativas de Vanderlei Luxeburgo, que colocou em campo Arthur Maia, Gabriel e Eduardo da Silva, nos lugares de Luiz Antonio; Everton, que vinha jogando bem, e Marcelo Cirino, que nunca havia sido substituído neste campeonato.

Piada do Sr. Luxa!

Ele conseguiu a proeza, mais uma vez, de piorar o time.

Algo parecido com o que fez na eliminação do Fla, da Copa do Brasil, diante do Atlético Mineiro.

Pará, Jonas e Márcio Araújo ajudaram a afundar o Fla.

A verdade é que perdemos para um time de retalhos, pois o Vasco, pelamordeDeus, não passa de uma colcha de retalhos.

Pior, só o Botafogo, que vai agora decidir o título contra os portugas.

Perdemos por que fomos "roubados"? Sim. O juiz errou, mas não foi fator preponderante para a nossa derrota.

Perdemos, em primeiro lugar, porque não jogamos nada.

Mas, não podemos reclamar, pois tambem já ganhamos da mesma forma.

Futebol é assim mesmo.

Se o Flamengo tivesse jogado bem, dominado a partida e marcado gols, poderia ter pênalti roubado, que, mesmo assim, estaria na final.

A verdade é que o time não jogou lhufas.

Agora, se, realmente, o Pofexô tivesse um "pojeto", talvez o bom elenco do Flamengo se transformasse em, pelo menos, um time de mediano para cima.

Quando esse "pojeto" começa a ser executado?

Não se assustem se, de repente, o Vanderlei Luxemburgo, for para o São Paulo.

Mas, caso ele continue, terá que trabalhar (e muito) para montar um time decente, que vista o Manto Sagrado jogando muita bola.

Porque, com esse bando que temos, já podemos nos preparar para sofrermos no Brasileirão.

PASCHOAL AMBRÓSIO FILHO   

Nenhum comentário: