Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

sábado, 30 de maio de 2015

TEMOS GUERRERO, MAS AINDA NÃO É A SOLUÇÃO

Parabéns ao presidente Eduardo Bandeira de Mello por, finalmente, abrir os cofres do Flamengo e fazer uma contratação de verdade para reforçar o time.


Nenhum torcedor rubro-negro pode negar que vai ser uma ótima a contratação do atacante peruano Paolo Guerrero. 

Guerrero pode virar ídolo do Mengão
Sei que não era possível fazer uma "loucura financeira" como essa, antes de arrumar a casa (que ainda está sendo arrumada).

Na verdade, Guerrero não queria ficar no Corinthians, pois só isso explica o fato dele ter topado assinar com o Mengão, por três anos, por pouco menos do que ele estava exigindo do time paulista.

Agora temos Guerrero, mas ainda não é a solução.

Quem vai armar as jogadas para ele finalizar? Será que o Cristóvão Borges, que mal chegou, vai conseguir organizar o bando flamenguista?

O nosso elenco, como eu já disse antes, está, pelo menos, entre os dez melhores do Brasil, mas, mesmo com Guerrero, ainda não acredito numa briga por uma vaga na Libertadores.

Por isso, a diretoria do Flamengo está tentando trazer de volta o Elias. 

O volante corintiano (que é, na verdade, quase um meia) já tem uma proposta nas mãos, gostaria de vir, mas parece que a família (que dizia que adorava o Rio de Janeiro) não quer sair de São Paulo.

Realmente, ainda é uma incógnita a vinda de Elias. Não dá nem para apostar se vem ou não.

Se ele demorar muito, o Flamengo já têm duas cartas na manga.

Já foram iniciadas conversas com o volante Paulinho (outro ex-Corinthians e Seleção Brasileira), que está no Tottenham.

Não gosto muito da ideia de repatriar o Paulinho. Dizem que a bolinha dele está murchinha lá no time inglês. Os caras devem estar doidos para se livrar do cara, que parece ter esquecido seu bom futebol.

Outro negócio que poderá rolar, e já se começou a conversar, é a vinda do colombiano Juan Quintero, de apenas 22 anos, excelente meia de armação do Porto, de Portugal.

Esse, sim, seria importante para o time do Flamengo, pois atua exatamente na posição mais carente do time.

Imaginem: Guerrero cercado de Elias, Quintero, Everton, Paulinho e Cirino. 

Um sonho!

Aí quero ver segurarem o Mengão!

Sem esquecer do Mugni, Almir e Thallysson...

Calma, gente! Tô brincando...

PASCHOAL AMBRÓSIO FILHO   

Nenhum comentário: