Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

sábado, 13 de junho de 2015

DE GRÃO EM GRÃO

Puxa, vida, ainda bem que, finalmente, conseguimos vencer duas partidas seguidas neste Brasileirão e daremos uma pequena respirada.


Mesmo com o Coritiba mal, o Flamengo, que estava menos mal, sofreu para ganhar de 1 x 0, no Estádio Couto Pereira.

Eduardo da Silva comemora seu beloGOL de cabeça
OGOL foi de Eduardo da Silva, que tem uma cabeçada certeira. Sempre que dão oportunidade, ele sabe colocar a bola com a cabeça onde quer. Viram que o goleiro nem se mexeu?

O cruzamento perfeito foi de Luiz Antonio, que é o nosso melhor lateral-direito, mesmo não sendo lateral-direito.

Sofremos?

É claro que sofremos, ainda mais quando o Jonas, mais uma vez conseguiu fazer duas faltas em doze minutos, ganhou dois amarelos e foi para o chuveiro mais cedo.

Tenho lá minhas dúvidas quanto às faltas que o juizinho marcou e deu cartões amarelos.

Achei um exagero, mas acho que o Jonas quer mostrar raça demais, acaba se excedendo e entrando forte. Mesmo quando não faz falta, fica parecendo que fez.

E quem é esse Arthur Maia, que chegou cheio de fama e pose, com sua barbinha bem tratada?

Eu mandaria ele de volta ao América de Natal. Até agora, ele não jogou bola.

Estranhamente, Paulinho, Gabriel, Éverton, Canteros e Marcelo Cirino não fizeram nada em campo.

Não vou falar do Pará, porque ele não conta.

Samir foi o melhor em campo. Pena que dizem que logo o perderemos para um time europeu. Para mim ele está entre os cinco ou seis melhores zagueiros do Brasil.

Uma pergunta se repete a cada jogo: quando o Paulinho vai recuperar pelo menos parte daquele seu grande futebol? Qual o mistério? 

Desaprendeu? Duvido.

Está fora de forma? É possível.

Está com medo de se quebrar novamente? Psicológicamente, é uma hipótese a ser considerada.

De qualquer maneira, de novo, ganhamos mais na base da raça do que do futebol, somamos mais três pontinhos e estamos com 7.

Agora só faltam 38.

De grão em grão, chegaremos lá.

Onde? Não sei, mas não acredito em rebaixamento, pelo simples fato de que time grande não cai, ainda mais quando esse time se chama Flamengo.

Temos que ir segurando a rebordosa até Guerrero e outros reforços chegarem e mostrarem o futebol que esperamos.

Tomara que tudo dê certo... Mesmo que o Sheik venha...

Mas, vai que o Sheik chega, muda suas atitudes e joga o que sabe?

Seria ótimo, né?

Afinal de contas, "futebol é uma caixinha de surpresas". (que frase!)

PASCHOAL AMBRÓSIO FILHO   

Nenhum comentário: