Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

terça-feira, 27 de outubro de 2015

FLAMENGO 0 X 1 CORINTHIANS - R I D Í C U L O - A SAGA CONTINUA

O ridículo continua, a falta de comprometimento é muito grande.
Tem uma máxima em futebol que diz: “Quem não faz leva”
Ontem cansei de ver o Corinthians perder chances de gol e pensei “quem não faz leva, o Mengão vai fazer num contra ataque”. Ledo engano. A nossa sorte é que o atacante deles é o Vagner Love, que consegue errar a bola em frente ao gol.
 
Aí vocês falam: Mas ele fez o gol.
 
Respondo: Sim, mas por erro grotesco da defesa e não virtude própria, que ficou prendendo a bola girando o corpo, pedindo para alguém tirar dele. Mas essa defesa não tira bola nem de futebol de anão.
 
Me preocupava com o desatualizado Oswaldo de Oliveira, que diga-se me enganei com ele, me decepcionou.
 
Mas uma vez pensei: Ele vai dar um jeito de colocar os afilhados. Paulinho já está. Vai colocar Canteros, Almir e Gabriel.
 
Eis que o Flamengo perdendo o jogo, com menos um e ele troca o lateral direito. UFA!!! O que deu na cabeça do “professor”. Sabemos que bunda de neném e cabeça de treinador não se pode confiar, mas essa foi demais.
 
Será que ele queria virar o jogo?
 
O saudoso e competente Claudio Coutinho deve ter dado urros de tristeza.
O Corinthians resolveu fazer o tempo passar, só perturbava de vez em quando e calculei: Ele vai arriscar. Eis que coloca Canteros. Não entendi mais nada.
 
E ficamos felizes por termos perdidos só por 1 X 0.
O que entristece é que em 2014, quando levamos um baita susto. No final, torcemos para o ano futebolístico acabar, de tanta vergonha, e falávamos : Que venha 2015.
 
Agora , com a mesma vergonha, falamos: Acaba logo e que venha 2016.
Para que?
Ter a mesma decepção?
Se essa diretoria não tomar atitudes de diretores de verdade, vamos torcer para chegar 2017. 
 
A falta de conhecimento, de vergonha na cara e de pulso, fazem os torcedores sofrerem cada vez mais.
Não sou favorável, mas em outras épocas, os muros já estavam pixados, a torcida exigindo a saída dos diretores, técnicos sendo demitidos, dinheiros eram jogados em cima dos atletas, que eram chamados de venais, aeroportos lotados com torcedores xingando, treinador sendo chamado de burro.
 
A grande realidade: O FLAMENGO DESSA DIRETORIA É PEQUENO. Nunca vi tanta incompetência no futebol.
Mas, todos se apequenaram.
 
Então mandam os descasos no clube, e presidente, diretor e treinador ainda elogiam o time.
Esse é o Flamengo de hoje. Que venha 2016, ou 2017, ou 2018 sei lá quando, mas um dia muda.
 
Ward Gusmão
Sócio Proprietário/Conselheiro

Nenhum comentário: