Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Nasce uma Estrela?


Mancuello chegou ao Flamengo sob esperança e medo. Esperança de ver nascer mais um craque argentino. Medo de repetir o fracasso dos últimos argentinos que passaram pelo Flamengo.

Nas primeiras apresentações Argentina já deixou boa impressão. Passado um tempo parece ser cada vez mais fundamental para que esse time funcione. O gringo tem raça, dedicação, habilidade. Ao lado dos outros estrangeiros do elenco ensina brasileiros como o jogador profissional deve se portar. 

Ainda é cedo para cravar se o argentino vai ou não ser um ídolo. O fato é que com ele em campo nosso aproveitamento é muito melhor. Continue assim.

Um comentário:

Anônimo disse...

boa tarde, nação rubro-negra;

diferentemente do que tem acontecido, ontem, assisti ao jogo do Flamengo contra o Vasco. Tenho evitado assistir aos jogos do Mengão, desde 2014, para não sentir raiva.
Me surpreendi com o posicionamento do Mancuello. Ele jogou como atacante? Por que foi escalado nessa posição? Ou isso não foi instrução do nosso "comandante" Muricy Ramalho?
Alias o Flamengo jogou em um esquisito sistema 4-1-5? Sim porque no meio-de-campo, na maior parte do tempo, quem lutou, combateu, tentou roubar bolas foi apenas o colombiano Cuellar.
Lá ná frente ficaram as múmias Gabriel, Guerrero e Marcelo Cirino, alem de Mancuello e dos avanços tresloucados do "volante" Willian Arão. Só melhorou um pouco quando o "elétrico" Alan Patrick entrou no jogo(sendo depois expulso, por falta grotesca cometida em jogador vascaíno). Será que minha leitura do jogo está errada ou o nosso "comandante" Muricy cometeu esses erros mesmos?
Eu me pergunto: falta treinamento ao plantel do Flamengo? quais atividades são realizadas durante a semana? os jogadores tem capacidade de executar o que está / estaria sendo treinado?
São alguns questionamentos que faço.