Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Baggio e o Flamengo

Já em fim de carreira, Roberto Baggio recebeu um telefonema de empresários brasileiros tentando coloca-lo no Palmeiras. Seria um marketing enorme, até pela questão da Itália e tal. O jogador ouviu, mas a conversa não evoluiu.
O clube não insistiu, pois ele queria mesmo parar e vir pro Brasil era fora de cogitação para a maioria dos craques europeus. E Baggio era um deles. Mas, essa historia toda teve “bastidores” interssantes, que fiquei sabendo hoje.
Pra quem nào sabe, Roberto Baggio só virou jogador de futebol porque um dia o Zico foi jogar no time dele, a Udinese. O garotinho ia todo dia ver os treinos e repetia em casa o que o ídolo fazia. Baggio se tornou não apenas jogador como um conhecedor de futebol brasileiro, capaz de escalar times e dar informações precisas sobre o que acontece no campeonato daqui.

Até hoje é assim. Em seu blog, as vezes comenta o Brasileirão com propriedade.
Mas, Baggio tinha um time lá, e outro cá. Afinal, fã que é fã segue o ídolo em tudo.
Nesse momento em que tentaram leva-lo pro Palmeiras, Baggio revelou a empresários um desejo pouco conhecido, e que na verdade é um boato, lenda, não sabemos até que ponto é verdade. Mas, está em “lendas do futebol”, logo… foda-se.
Ele teria digo aos empresários o seguinte:

- Então não tem acerto pra vir pro Palmeiras?
- Não, infelizmente não. Eu estou parando, não quero mais, ainda mais fora do meu país…
- Uma pena, adorariam voce aqui.
- Tem o penalti da Copa também, eu aguentaria muita gozação por isso, não sei se é o que quero.
- Tudo bem, se um dia quiser retomar a carreira e jogar no Brasil, só entrar em contato, nós providenciamos um grande clube, etc, etc, etc.
- Muito obrigado. Ja sonhei em jogar no Brasil quando garoto, mas não no Palmeiras…
- Ah é? E voce queria jogar onde?
- Queria vestir a camisa que foi do Zico. Mas a minha carreira foi andando e virou apenas um sonho de garoto.
- Quer que falamos com o Flamengo? Quem sabe?
- Não, não. Eu estou parando mesmo. Mas, há 2 anos… eu teria pensado com carinho.
E assim terminou a breve negociação entre empresarios e Roberto Baggio, que seria jogador do Palmeiras por vontade deles e, quem sabe, do Flamengo por sonho de infância, influenciado pelo seu idolo maior.

Ja pensou?

Rica Perrone

Um comentário:

navegante disse...

É bom saber que além de grande jogador, tem bom gosto.