Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Marquinhos, um Exemplo de Torcedor

Marco Antônio Guimarães, o Marquinhos, foi um dos 20 torcedores que caíram das arquibancada daquela final do Campeonato Brasileiro de 1992, contra o Botafogo. Nesse texto exclusivo para o Blog Flamengo Eternamente ele fala sobre a tragédia e sua relação com o Flamengo.

********************************

(Crédito: Ricardo Cassiano)


Bem a minha relação com o Clube de Regatas do Flamengo, iniciou-se bem antes do meu nascimento, porem a mesma se intensificou no dia 19 de julho de 1992, quando eu tinha 14 anos, dia em que quase todos os Rubro Negros, exceto eu e minha família, comemoraram o Penta campeonato nacional, isso por que antes do inicio da festa dentro do campo, a minha foi interrompida com a ruptura da grade das arquibancadas. 

A partir deste momento, vários fatos se sucederam, desde o diagnostico dos médicos, no qual havia retirado o meu baço, meu rim esquerdo além dos traumas cranianos e fratura na coluna, e que eu deveria permanecer no mínimo 90 dias internado entre CTI e quarto, porem como obra de DEUS (que descobri ser rubro negro por nos proteger) no dia 25 de julho de 1992 eu já estava saindo do Souza Aguiar para a minha casa.

Menos de 60 dias após o acidente eu já esta vendo no estádio da camisa feia o jogo do carioca contra o botafogo, jogo este que entrei em campo junto com o time, e logo no primeiro jogo que ocorreu no maracanã em 03 de fevereiro de 1993, eu estava no mesmo local do acidente, no qual fui perguntado se eu não tinha medo, e/ou não iria mais ao maraca, tendo eu respondido que se tivesse sofrido acidente automobilístico, não iria mais andar de carro? Lógico que sim, por isso que após este retorno eu conto nos dedos os jogos no Rio de Janeiro que não estive presente “IN LOCO” vendo a razão da alegria da minha vida que o CLUBE DE REGATAS DO FLAMENGO, e não podendo esquecer que tudo isso eu devo a duas pessoas na vida, ao meu falecido tio, que assistia até cuspe a distancia do MENGÃO e ao meu irmão que me ensinou que ir ao estádio com time bom na ponta da tabela é fácil, difícil é encarar vários perrengues para assistir quando não está bem.

Por isso eu dou tudo pelo Flamengo, e não desejando nada em troca, apenas vitórias e títulos.

Valeu, SRN......

Marco Antônio Guimarães.

11 comentários:

Alisson Furfuro disse...

Que show, sensacional mesmo.

Nivinha disse...

Nossa, me emocionei! Meu atual marido estava do lado de um cara que caiu e meu irmão tb estava lá! Foi uma doideira, pois não avisaram aos jogadores o que tinha acontecido!
SRN

@NivinhaFla

Fl@rte Digit@l disse...

vendo historias assim me da mais orgulho de ser rubro negro

parabens otima postagem

Walter Monteiro disse...

Eu estava nas cadeiras azuis. Curiosamente, naquele momento estava olhando para a Raça, portanto vi o acidente inteiro. Teve alguma pequena confusão, as pessoas começaram a descer e a grade cedeu.

O mais impressionante é que depois que a grade caiu, o espaço foi interditado com a faixa da torcida e uns poucos policiais na frente, uma situação de risco extremo.

A sensação que tive é que caiu simplesmente porque estava cheio demais naquele setor

Warley Morbeck disse...

Incrível mesmo uma história. Impressionante como uma tragédia só aumenta o Amor.

Dani Souto disse...

Grnde Marquinhos!

Linda historia, fio!

Bjs

Dani

isvan ribeiro disse...

eu também estava lá e quase ci também, me lembro como se fosse hoje ! @isvanribeiro

Nesinho Guimarães disse...

Esse episódio só fez o nosso vinculo com o MENGÃO aumentar, sempre estaremos juntos IRMÃO!

Nesinho Guimarães disse...

Show meu irmão, por isso que você é o maior irmão do mundo!!! Nada do MENGÃO, tudo por ele. Rumo ao Hepta, com o mesmo bigode do HEXA!!!

Warley Morbeck disse...

O cara é uma lenda rsrs

Unknown disse...

valeu Marquinho!!!!