Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

O Servílio do Flamengo




É normal no futebol alguns jogadores receberem apelido pela semelhança com um outro atleta. Obina, por exemplo, recebeu esse apelido por parecer com um jogador nigeriano que atuava nas categorias de base do Vitória. O meia Lucas do São Paulo era até pouco tempo chamado de Marcelinho, pela semelhança com o ex-meia do Flamengo e Corinthians. 

Na década de 50 o meia do Flamengo José Lucas foi apelidado pelos companheiros do time de Servílio, por ter uma forte semelhança física com o atacante do Corinthians de mesmo nome.

Servílio era nascido em Vargem Grande (RJ), no ano de 1929. Foi um meio-campista de bastante qualidade que protegia o esquema defensivo do time Tricampeão Carioca em 1953/5455 ao lado de nomes como Dequinha e Jordan. Defendeu o Manto Sagrado em 107 partidas, entre 1953 e 1956, marcando somente dois gols. Seu gol mais marcante pelo Flamengo foi na goleada histórica do Flamengo sobre o sueco Combinado de Uweea,  9x0. 

Saiu do clube no final de 1956, transferindo-se para o Botafogo. No ano seguinte jogando ao lado de nomes  como Nilton Santos e Didi tornou-se pela quarta vez Campeão Carioca. Servílio era o responsável por proteger a defesa alvinegra, e assim o fez com muito êxito, como nos anos anteriores pelo Flamengo. 

Posteriormente veio a jogar no São Paulo e no Sport Recife, mas sua melhor fase foi mesmo no futebol carioca. Servílio faleceu de infarto no estado de São Paulo, em 2001, aos 73 anos.

Servílio é um dos Heróis do Mengão!

2 comentários:

@FLAMENGONLINE disse...

FLAMENGO 4 x 1 AMÉRICA
Campeonato Carioca 1955 - 3º Jogo da Final

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 04/04/56
Gols: Dida(4)

FLAMENGO: Chamorro. Servilho. Pavão. Tomires. Dequinha e Jordan. Joel. Duca. Evaristo. Dida e Zagalo.

SRN

@FLAMENGONLINE

Warley Morbeck disse...

Valeu pelo complemento. Um abraço