Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

terça-feira, 25 de junho de 2013

Sávio: o Anjo Louro da Gávea


            Sávio Bortolini Pimentel nasceu em 9 de janeiro de 1974 em Vila Velha e estreou no time profissional do Flamengo em 1992. Criado na Gávea e atacante muito habilidoso, Sávio fazia ótimas jogadas de linha de fundo, driblava bem e marcava gols, dando muitas alegrias à torcida rubro-negra na década de 1990.

            Virou titular do time rubro-negro em 1994. Sávio era bom jogador, goleador, mas franzino. Era caçado em campo. Mas isso não o impediu de marcar seu nome na história do Flamengo.

            Num jogo contra o Palmeiras em 1994, Sávio marcou os gols da vitória rubro-negra por 2 a 0: o primeiro em chute forte e cruzado e o segundo de pênalti. No ano seguinte, o atacante fez dois golaços em partida contra o Grêmio vencida pelo Mengão por 2 a 1. No primeiro gol, Sávio deu bela arrancada e driblou dois jogadores gremistas e fuzilou. No segundo gol, o Anjo Louro da Gávea penetrou no meio da zaga adversária e mandou a bola para a rede.

            Depois do conturbado ano do centenário rubro-negro em 1995 e do fracassado ataque com Romário, Sávio e Edmundo, Sávio e Romário foram fundamentais para a conquista do Campeonato Carioca de 1996 sob o comando de Joel Santana. O gênio da grande área e o Anjo Louro da Gávea marcaram na vitória por 2 a 0 na final da Taça Guanabara contra o Vasco. Na final da Taça Rio o Flamengo empatou com os cruz-maltinos em 0 a 0 e conquistou o campeonato de forma invicta, dando início à sina de vices do Vasco em finais contra o Mengão. O time campeão foi Roger (Zé Carlos), Alcir (Zé Maria), Jorge Luís, Ronaldão, Gilberto, Mancuso, Márcio Costa, Nélio, Marques (Iranildo), Sávio e Romário.

No mesmo ano, o Flamengo venceu a Copa Ouro Sul Americana, competição na qual Sávio marcou os 3 gols na vitória por 3 a 1 na partida contra o São Paulo.  O atacante também conquistou a medalha de bronze ao defender a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Atlanta.

No fim de 1997, ano em que o Flamengo ganhou a Copa dos Campeões Mundiais (com gol de Iranildo na vitória por 1 a 0 na final contra o São Paulo), Sávio foi vendido para o Real Madrid, onde jogou com Seedorf, Roberto Carlos e Raul e conquistou um campeonato espanhol, três Copas da Europa e um Mundial Interclubes. O time merengue derrotou o Vasco por 2 a 1 (gols de Roberto Carlos e Raúl para a superequipe espanhola). Ao sair do Real Madri em 2002, Sávio foi jogar uma temporada no Bordeaux, da França e defendeu também o Zaragoza.

 Sávio voltou ao Flamengo em 2006, mas infelizmente não obteve o mesmo sucesso da década de 1990.

Sávio jogou ainda no Real Sociedad e no clube cipriota Anorthosis Famagusta. Voltou ao Brasil em 2010 para jogar no Avaí e encerrou a carreira no clube catarinense no ano seguinte.

Muito obrigada por tudo que você fez pelo Mengão, Sávio! Era muito bom ver você jogar com o Manto Sagrado!

Fontes:


--
Renata C. Bottino

3 comentários:

Paulo disse...

Obrigado pela lembrança do Sávio, o Anjo Louro da Gávea, porque já não lembrava de tantas glórias dadas ao rubro-negro e Ele merece essa homenagem.
Mesmo distante do Rio de Janeiro, em Natal-RN, gosto de acompanhar o Flamengo através desse espaço na Internet.

Paulo disse...

Obrigado pela lembrança do Sávio, o Anjo Louro da Gávea, porque já não lembrava de tantas glórias dadas ao rubro-negro e Ele merece essa homenagem.
Mesmo distante do Rio de Janeiro, em Natal-RN, gosto de acompanhar o Flamengo através desse espaço na Internet.

Vinícius Monteiro disse...

Muito bom relembrar as glórias dos eternos ídolos do clube.