Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

sábado, 13 de julho de 2013

A competente negociação com o consórcio Maracanã




Fala Nação RN,

Todos acompanharam com apreensão as negociações entre Flamengo e  o consórcio responsável por administrar o Maracanã. Ambos queriam que prevalecessem seus desejos. Mas não foi bem assim. O Flamengo mostrou que é maior que tudo, inclusive o Maracanã. Pois o Flamengo sem o Maraca é o Flamengo, e o Maraca sem o Fla não é nada. Aliás, sem o Flamengo ele seria um elefante branco.

Acho que a demora na negociação deu-se por conta da inveja tricolete. Flamengo e consórcio foram espertos ao esperarem que o Flor fechasse primeiro um contrato de 35 anos, do jeito que os administradores do estádio queriam. Para só assim, fecharem um acordo excelente para o Mengão.

Os dirigentes rubro-negros foram inteligentíssimos ao fecharem o contrato até o fim do ano. Durante esse tempo, vamos ver se tem futuro para o clube. Se não tiver, o que duvido muito, esquecemos o Maraca e procuraremos outra praça para mandar nossos jogos. 

Agora, tem que pressionar o consórcio para não impor regras sobre o modo de como o torcedor deverá se comportar no estádio. Futebol é emoção, é paixão, e nessas horas o torcedor ultrapassa alguns limites. Se quebrar cadeira, é de responsabilidade do clube ressarcir o prejuízo causado pelo seu torcedor. Nisso eu sou inteiramente à favor. Agora, impor que o torcedor não poderá tirar a camisa, terá de torcer sentado, não levar bandeiras com mastro de bambu ou instrumentos musicais, sou radicalmente contra. Essas coisas fazem parte da cultura do torcedor rubro-negro. O espetáculo que a torcida proporciona com as bandeiras e aquelas coreografias em que joga a camisa  pro alto é impressionante, faz parte da identidade do flamenguista.  Portanto, é algo que o clube e seus dirigentes devem pressionar o consórcio para que o torcedor se comporte do jeito que ele quiser, desde que não exceda os limites de boa conduta.

Por último, queria parabenizar os diretores pela negociação. Estão mostrando cada vez mais a competência que nos foi prometida. Erram em alguns casos, o que é aceitável. Ninguém é perfeito, todo mundo erra, até os mais competentes. Mas é inegável que eles estão colocando o CRF nos trilhos das vitórias, do sucesso.

Pra cima deles, Mengo. 


2 comentários:

Vinícius Monteiro disse...

E as Flores piram! Kkkk

Anônimo disse...

O flamengo vai ficar com 50% em apenas 6 meses, e as florzinhas vão ficar com apenas 41% em 35 anos.