Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

quarta-feira, 26 de março de 2014

Marcelinho Machado


              Marcelinho Magalhães Machado nasceu no dia 12/04/1975. O ala-armador começou a carreira no Mengão, mas passou por outros clubes até voltar a Gávea em 2007. Excelente jogador e com mira apurada, Marcelinho entrou para a história do time de coração e herdou o posto de cestinha de Oscar Schimidt, um dos maiores ídolos do basquete brasileiro e que defendeu a Seleção Brasileira com brilhantismo e honrou o Manto Sagrado na quadra no fim da carreira na segunda metade da década de 1990 e início dos anos 2000.
Marcelinho conquistou o Campeonato Carioca Masculino de Basquete em 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013, o campeonato Brasileiro de 2008, o NBB e a Liga Sul-Americana em 2009 e a Liga das Américas em 2014 com a camisa rubro-negra.
Em 2008, além do Campeonato Carioca o Mengão conquistou o Campeonato Brasileiro de Basquete Masculino pela primeira vez Marcelinho foi  o cestinha do campeonato e o grande nome da equipe rubro-negra ao lado do irmão Duda e de Hélio, Alírio e Coloneze  O Flamengo fez  uma campanha espetacular sofrendo apenas duas derrotas na competição e derrotou o Universo /Brasília por 3 a 0 nos playoffs finais (96 a 66 no primeiro jogo, 91 a 76 no segundo e 101 a 96 no terceiro confronto), garantindo o título. 
No ano seguinte, o basquete deu à Nação mais alegrias. Em jogo emocionante, o time de basquete do Flamengo venceu o Quimsa na Argentina por 98 a 96 e conquistou o inédito título da Liga sul-americana. Marcelinho marcou 41 pontos e foi o cestinha da partida. Mesmo com os salários atrasados, Marcelinho, Duda e Cia deram um show, tiveram raça e mostraram amor ao Flamengo e ao esporte.
Ainda em 2009, o Flamengo derrotou o Universo/Brasília por 3 a 2 nos playoffs finais ao vencer a quinta partida por 76 a 68 e conquistou o título do NBB. Foi um jogo duro e tenso, com expulsões logo no início. O Flamengo ficou sempre à frente no placar, embora a diferença de pontuação entre as duas equipes não fosse muito grande na maior parte do jogo. Os dois times erraram muito, mas o Mengão acabou cometendo menos erros e , jogando com raça , ganhou o título . Duda e Marcelinho foram os melhores do time rubro-negro.
No fim de 2012, Marcelinho sofreu grave contusão no joelho e teve que ficar um ano fora da quadra. Mas o ala deu a volta por cima . Além de contribuir para a bela campanha do Flamengo no NBB deste ano, Marcelinho também foi decisivo na conquista da Liga das Américas no último sábado quando a equipe rubro-negra derrotou o Pinheiros por 85 a 78. O título invicto inédito na história do Clube foi ganho na base da raça e da técnica com destaque para Marcelinho (que marcou 24 pontos e foi eleito o melhor jogador da competição ), Olivinha e Marquinhos.  Em jogo disputado, o Flamengo venceu o primeiro quarto por 25 a 15 e o segundo quarto por 46 a 40 . A partida continuou equilibrada, o Pinheiros tentou reagir, mas o time carioca venceu o terceiro período por 61 a 60. No último quarto, o Mengão fez 81 a 76 faltando 30 segundos para o fim, se segurou na defesa e garantiu a taça e a vaga no Mundial a ser disputado em outubro deste ano.
Muito obrigada por tudo que você tem feito pelo Mengão desde 2007. Desejo muita saúde e  sucesso para você no Flamengo e na Seleção. Espero que você e a equipe de basquete continuem jogando bem e conquistando títulos com muita raça e talento enchendo a Nação de orgulho e alegria. 
Fontes:
http://www.flaestatistica.com/anoaano.html
http://www.flamengo.com.br/flapedia/Marcelinho

2 comentários:

Heraldo Oliveira disse...

SHOW DE BOLA!

Detalhe que parece estranho, mas ele já era craque, mas melhorou ainda mais a partir do momento em que o time ficou menos dependente exclusivamente dele.

Renata Christovão Bottino disse...

Que bom que você gostou. O Marcelinho é craque mesmo. Um abraço, Renata