Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Roberto Dinamite quase jogou no Flamengo

Roberto Dinamite, grande craque da história do Vasco da Gama e maior artilheiro da história cruzmaltina foi contratado em 1978 pelo Barcelona da Espanha. No entanto, sua experiência no time catalão foi muito breve, durando apenas 2 jogos. Roberto não se adaptou e decidiu voltar ao Brasil. Por intermédio de Zico, que foi seu companheiro na Copa da Argentina, Roberto estava acertado de voltar para jogar ... no Flamengo ! No entanto, quando dirigentes vascaínos souberam do fato, entraram no meio da negociação e o coração cruzmaltino falou mais alto, e Roberto voltou ao Vasco no mesmo ano.

5 comentários:

Aldevan Junior disse...

Olá Warley!

O Caneta de Chuteira está de volta!

Sobre Dinamite, faria uma bela dupla com Zico.

Um abraço!

Aldevan Junior disse...

Olá Warley!

O Caneta de Chuteira está de volta!

Sobre Dinamite, faria uma bela dupla com Zico.

Um abraço!

Lucas Martins disse...

não que ele seja má pessoa, ou má jogador... mas acho que pra historia dos dois clubes, foi melhor assim... o dinamite eh uma figura mto ligada ao vasco

Anônimo disse...

Na verdade, a contratação do Roberto pelo Barcelona ocorreu em 1979 e ele voltou para o Vasco em 1980, re-estreando num jogo no Maracanã contra o Corinthians, cujo placar foi 5x2 para o Vasco, com ele marcando simplesmente os cinco gols. A curiosidade disso é que naquela tarde ocorreu uma rara rodada dupla. Jogamos antes contra o Bangu e vencemos por 3x0 (se não estou enganado, com três gols de Tita. Depois nos unimos à torcida do Corinthians. Recordo que Márcio Braga chegou a dar uma entrevista dando como certa a contratação. O jornal dos Sports fez até uma montagem em que o Roberto aparecia vestido com a nossa camisa. Existem comentários no sentido de que a falecida esposa dele, Jurema, fez de tudo para que retornasse ao Vasco. Um abraço para todos, Marcelo Lopes.

Anônimo disse...

Na verdade, ele estava apalavrado com o Flamengo que estava contratando também o Nunes. O Roberto disse que preferia o Vasco mas que estava com palavra dada ao Flamengo. Se o Flamengo (na pessoa do Marcio Braga) liberasse a palavra dele, ele iria pro Vasco. Foi o que aconteceu: o Flamengo que tinha o Nunes certo (e flamenguista) liberou a palavra do Roberto e ele foi pro Vasco.