Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

segunda-feira, 9 de março de 2009

O Flamengo na Reabertura do Maracanã


Três personagenas da decisão da Copa de 1950 e que participaram do jogo Flamengo x Bangú.

Durante os treinamentos da seleção brasileira para a Copa do Mundo de 1950, o Flamengo negociou seu maior craque, Zizinho, para o Bangú. Na mesma semana em que o Brasil perdeu a Copa para os uruguaios, dirigentes do Bangú convidaram o Flamengo para um jogo amistoso no recém inaugurado Maracanã.

O clube rubro negro aceitou o convite dos banguenses que fariam a estréia de Zizinho, justamente contra seu antigo clube. A data é que, talvez, não tenho sido bem escolhida: dia 23 de julho, uma semana depois da decisão da Copa do 1950. Como não havia outra data, Flamengo e Bangú, fizeram na verdade, o primeiro jogo interclubes no estádio inaugurado justamente para a Copa do Mundo.

No domingo, 23 de julho de 1950, com as arquibancadas praticamente vazias, ninguém queria saber de futebol após a decepção da perda do mundial para os uruguaios, o maracanã foi oficialmente reaberto por Flamengo e Bangú que queriam apresentar suas equipes para o campeonato carioca. Curiosamente, entre os 22 jogadores escalados, três deles voltavam a pisar no gramado do maracanã com grande tristeza, pois foram personagens, sete dias antes, da maior tragédia vivida pelo futebol brasileiro em todos os tempos: Zizinho. Juvenal e Bigode. O Flamengo entrou em campo com Cláudio (Antoninho). Biguá e Juvenal. Walter. Bria e Bigode. Aloisio. Arlindo. Helio. Lero e Esquerdinha. O Bangú com Luis Borracha. Gualter e Rafanelli. Sula. Mirim e Pinguela. Djalma. Zizinho. Joel (Moacir Bueno). Ismael e Simões.

Foi um jogo fraco e que não agradou aos poucos torcedores que foram ao maracanã. O Flamengo venceu por 3x1 com dois gols de Aloisio e um Lero. Djalma marcou o gol do Bangú.

http://www.museudosesportes.com.br/noticia.php?id=2417

3 comentários:

Leandro Montianele disse...

Fico imaginando o devia estar passando na cabeça daqueles jogadores que estiveram no Maracanã uma semana antes daquela derrota histórica. Uma reabertura triste desse grande estádio.

Bela história!

Abraços!

Bob disse...

Ola amigo, somos do blog "O MUNDO DO FUTEBOL" gostariamos de fechar parceria com seu blog, com troca de link, ou de banner.Aguardamos resposta, abração e bom inicio de semana.

http://futebolmundial-arte.blogspot.com/

Rei3D disse...

Visitem o site: http://flashownet.comze.com/

O Flamengo é previsível, a única coisa que o adversário não sabe e nem nós é quem fará o gol.

- O time abre muito o jogo sempre pelas laterais, cruzamento pelo alto a maioria no segundo pau e desperdiçado, má colocação dos atacantes aliados aos cruzamentos ruins de Juan, Léo moura, Klébson, Egídio, e cia.

- As vezes nossos laterais e companhia invadem pela lateral da grande área, é muito mais interessante e inteligente do que cruzar, em certos jogos de zagueirões, pois resulta melhor aproveitamento por baixo. Mas, nossos atacantes não conseguem resolver e se enrolam, posicionamento errado e desconhecimento do outro companheiro, na maioria das vezes quem conclui com êxito, são Ibson, Juan e Leo Moura.

- Não tem um rompedor de área, seja na força, como Adriano, Ronaldo, Kaká, etc fazem, ou na habilidade como vários fazem, com característica de partir pra cima, para ser um rompendor mesmo na força tem que ter porte e uma certa habilidade, porte Obina tem mais habilidade... Por ironia do destino o primeiro gol do minúsculo resende foi assim um jogador insistindo e partindo pra cima.
5 coisas podem acontecer com o jogador que parte pra cima de zaga principalmente fechada: Conseguir marcar um golaço, tocar para outro companheiro marcar que seja até o gol do bolo, receber uma entrada faltosa e penalti, perder a bola pra a marcação ou tocar errado. 3 x 2 vale tentar.

- O time não tem jogadas ensaiadas que já deram alguns gols importantes a alguns clubes inclusive ao Palmeiras e São Paulo ano passado. Quando pinta uma jogada ensaiada (só vi uma cobrança de falta) é horrivelmente errada pelos jogadores, o q demonstra que não foi tão ensaiada assim.

- Não sou a favor de laterais que marquem próximos da área e sim do meio pra frente quando perderem a bola, no máximo da intermediária pra frente em condição de "espera" de ataque adversário, eles tem que estar com saúde e estado físico suficiente para de erguer a cabeça e coloca a bola onde se necessita. Para marcar tem os 3 de trás 2 zagueiros e cabeça de área, e principalmete 2 no meio, pois acho que a bola tem que ser interceptada na maioria das vezes no meio e não na defesa, como o Flamengo costuma fazer. O time não marca pressão, deixa qualquer time jogar, e time como os que enfrentamos no Carioca e Copa do Brasil são muito leves, aí a liberdade e juventude faz a diferença frente a falta de abafa e marcação, e a idade e/ou lentidão de vários jogadores nossos.

>Como sabemos o problema do Flamengo não está somente em campo, fora de campo temos sérios, crônicos e graves problemas:
- Incrível como Departamento de Marketing não utiliza a paixão e o poder que a nação rubro-negra tem, não cria campanhas publicitária, ou outra forma de renda, por exemplo, o SPFC lançará um filme intitulado SOBERANO, que faz menção ao sua posição no Campeonato Brasileiro, um time que só tinha 3 títulos até meados desta década.

- Produtos do Flamengo é muito difícil de ser achado em demais localidades que não a Sudeste, Nordeste então é só pela internet ou no camelô produtos não licenciados, uma grande fonte de renda escoando pelo ralo.

- Projetos com a torcida para cada vez mais fidelizar os atuais e conquistar mais torcedores, não há.

- No Rio Grande do Sul, os 2 times principais estão numa competição feroz para conquistar sócios, que são renda garantida e prevista. Nada aqui é feito??? Não vejo comentarem...

- Divulgar e incrementar mais a TVFLA, para obter mais assinaturas e novamente verba garantida.

- Tirar as corjas dos empresários apadrinhados pela Lei Pelé do Flamengo, estes praticamente mandam no nosso Mengo e influência as decisões, humores, rumos e declarações dos jogadores, tumultuam um ambiente, e tudo isso sem ser visto ou estar em evidência. Os jogadores são acusados de mercenários e os verdadeiros mercenários estão por trás deles. Contratos com cláusulas mais protetoras para o clube, prevendo multas por atitudes incoerentes com espírito de grupo e respeito à instituição e à torcida, e principalmente multa rescisórias altas.

Visitem o site: http://flashownet.comze.com/