Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Proposta para Alteração do Hino do Flamengo

Recebemos pelos comentários, a seguinte mensagem:


"PROPOSTA COM RELAÇÃO AO HINO DO FLAMENGO QUE EU GOSTARIA QUE FOSSE ANALISADA PELOS DIRIGENTES, REPRESENTANTES DAS TORCIDAS ORGANIZADAS E OUTROS SEGMENTOS QUE DIRETA OU INDIRETAMENTE SEJAM LIGADOS ÀS IMPORTANTES DECISÕES DO CLUBE E À DEMOCRACIA QUE O CARACTERIZA.


Não só sou Flamengo até morrer como antes de nascer já era flamenguista.
Mas, ao longo desses anos uma coisa tem-me incucado e perturbado. Uma palavra intrusa no hino do Flamengo: Flu, pois não acho interessante um hino próprio de um clube, enfocar, citar diretamente o nome de um adversário, é como se no hino do Brasil falasse na Argentina. Portanto, na minha opinião, o hino como está, torna o Flamengo limitado, pois se ganha um título contra o Vasco, Grêmio e outros ao ser tocado aparece a frase “o mais cotado nos Fla-Flus”, acho que este hino deve tornar o Flamengo maior, mais autêntico, mais rubro-negro, deixando de ser o mais cotado só com o Fluminense e sim com qualquer adversário.
Sugiro, portanto, uma mudança: que a pessoa competente e legal com relação aos direitos autorais seja consultada e encontre uma palavra que substitua Flus nesta frase “o mais cotado nos Fla-Flus”. Na minha humilde sugestão, seria retirar o Flus ficando: “O mais cotado nos Clássicos (us) é um ai Jesus.”
É impossível mudar? Claro que não, pois até a Constituição de um país sofre mudanças.
Muito grato e gostaria de receber um retorno."

Vicente Lúcio


Como resposta, publico um texto do meu amigo Affonso Romero Dantas


"Para nós sermos grandes, nós não precisamos diminuir a importância histórica de ninguém. Ao contrário, é bom nós sermos os maiores entre os grandes.

O Fla-Flu foi o primeiro dos grandes clássicos do futebol brasileiro. Isso se deve ao Flamengo, mas ao Fluminense também. Aos fatores históricos, principalmemnte. Ao cantar isso em nosso hino (ou marcha, para ser exato), o que nós evidenciamos é que somos grandes desde o início, enquanto o Flu foi grande e se apequenou.

O Fluminense venceu quase tudo que disputou no futebol antes de existir o Flamengo em terra. Poderia e deveria ter a maior torcida, mas nunca teve. Isso deveria ser vergonha para eles.

O Fluminense nasceu do Flamengo (e não o contrário), porque o Flamengo de então não quis ter um time de futebol. Vão ver a ata de fundação do Fluminense: o presidente do Flamengo na época é fundador do Fluminense. Ele tinha sido voto vencido porque queria que nós deixássemos de ser exclusivamente de remo. Então, ninguém saiu do Flamengo mas, por anos, muitos foram atletas dos dois clubes ao mesmo tempo.

Quando houve a tal briga no futebol do Fluminense, o Flamengo enfim admitiu o futebol. A maioria não "trocou" o Flu pela Fla, como contam eles. A maioria daquele time deles já era de sócios do Flamengo e fundaram o departamento de futebol, com o aval do pessoal do remo.

E, sendo já um time campeão municipal, atraiu a já crescente atenção do público do remo para futebol. Lembrem-se que o futebol era um esporte restrito apenas às elites e foi o Flamengo (já popular no Rio pelo remo) quem abriu as portas da popularidade ao futebol, não o contrário.

Sendo assim, sendo o Rio a capital federal de onde emanavam todas as modas, sendo o Fluminense o maior campeão da era pré-Flamengo e sendo o Flamengo já popular, a massificação do futebol no Brasil atende por um nome composto: Fla-Flu. Sendo o Fla, o primeiro clube da dupla a ser citado na sigla, a representação do povo; e o Flu, o coadjuvante, a representação da elite, como eles mesmos sempre gostaram de se definir.

E, como metáfora da vida, sendo o futebol a primeira atividade pública de um Brasil elitista ao extremo na qual o povo surrava impiedosamente as elites. Daí a mítica, daí a importãncia do Fluminense como o contraponto que fez do Flamengo uma paixão nacional."


E aí, Nação. O que acham dessa discussão?



10 comentários:

Julio Cesar disse...

Interessante, caso a se pensar

Novidade essa do Nancy ter saído do Fla, e não o contrário. Mitos que vão caindo por terra, graças aos verdadeiros conhecedores da história

Warley Morbeck disse...

Julio, na verdade o Flamengo é mais velho que o Fluminense. Alguns dos fundadores do Fluminense eram sócios do Flamengo. Na verdade essa história de que o Flamengo surgiu do Fluminense sempre foi uma bobagem. Como, se o flamengo é mais velho? O time de futebol sim, pode até fazer um certo sentido. Mas a verdade é que alguns membros do Flamengo queriam emplantar o futebol no clube, sem sucesso. E acabaram ajudando a fundar o Flu, e jogavam bola no Flu e remavam no Flamengo. Assim, muitos apenas voltaram ao Flamengo coma briga no Fluminense.

Alex do triplex disse...

Discussão desnecessária.
Mudar o hino?

Tem que mudar é o estatuto do clube.

Warley Morbeck disse...

Mas a discussão não deixa de ser interessante, meu amigo Alex.

AF STURT disse...

Acho que concordo com o Alex,porém a mudança de hino pode ser interessante.Assim se tirar flus, de ve tirar esse "ai jesus".
E´bom lembrar que esse hino não é oficial do clube,apenas o popular,ou seja é oficial da torcida ,mas da instituição não é.

Nigro disse...

Com todo respeito mas essa foi a idéia mais escrota que já tive idéia. Mudar um hino tão bonito e redondo como esse do Flamengo é de uma falta do que fazer incrível.

Ainda mais pra colocar a rima totalmente sem métrica e que compromete o português 'classicus' (foneticamente) é horrendo! Não existe a menor necessidade de alterar algo que está perfeito. Leia bem, não é bom. É perfeito.

A grandeza do Flamengo só existe pq existe um adversário a altura. E esse adversário sempre foi o Fluminense. Questões históricas, títulos históricos. E nada mais honroso para um clube do tamanho do Flamengo reconhecer que existe um adversário a altura.

É na minha opinião o único hino de clube que retrata por completo a realidade de todo time de futebol. A glória, as batalhas e o amor da torcida.

Na boa, quer mudar alguma coisa? Que tal o estatuto do Clube? Lá tá precisando de mudanças pra ontem...

SRN

Warley Morbeck disse...

Stuart, só para constar: esse hino está no estatuto. Mas lá ele é chamado de "Marcha do Flamengo". O Hino é outro e pode ser visto em http://flamengoeternamente.blogspot.com/2007/02/nossos-hinos.html

Luís Eduardo disse...

Numa boa, eu achei essa sugestão de mudar nosso Hino uma tremenda bobagem, nossa superioridade sobre os Flores existeem qualquer aspcto que se queira analisar, portanto não há a menor necessidade dete tipo de mudança.
Vamos concentrar forças naquilo que realmente interessa, projetos que façam o CRF cada vez maior.

Somos Hexa!
"Nada do Flamengo, tudo pelo Flamengo"

SRN, Luís Eduardo
Blog Saudações Rubro-Negras- http://jlwrubronegros.blogspot.com/
Blog SRN no twitter: http://twitter.com/LuisSRN

Cidadão Rubro-Negro [Blog Oficial] disse...

Faça o seu natal ainda melhor!

Dia 06 de dezembro o Flamengo garantiu o hexa, mas agora é sua vez de jogar e ganhar os prêmios que o Cidadão Rubro-Negro, está oferecendo aos seus torcedores.
Para concorrer a um carro 0 km e outros prêmios que vão tornar o seu natal inesquecível, basta se acessar o www.cidadaorubronegro.com.br e dar o seu palpite. Se o seu chute for exato ou o mais próximo da quantidade de bolas que estão dentro do Doblò, o prêmio é seu!
Não perca a chance de comemorar mais uma vez com o Flamengo.

SRN
Equipe Cidadão Rubro-Negro

hudson nilson duarte disse...

Primeiramente quero dar meus parabéns ao Vicente Lucio, eu estou plenamente de acordo com a sua sugestão, um hino de um time da categoria do Flamengo citar o nome de outro time para mim é sujar a letra do mengão, tudo pode e deve mudar se é para melhorar e corregir erros do passado, grande abraço.