Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

terça-feira, 19 de abril de 2011

Fla X Flu´s inesquecíveis

O Fla X Flu sempre se caracterizou por muitas vitórias importantes do Flamengo e de uma ou outra vitória do coloridos. O Jornal "O Globo" selecionou alguns Fla X Flu´s inesquecíveis e destacacamos algumas vitórias importantes recentes do Flamengo. Na lista também consta o WO duplo de 1998, quando a Federação Carioca, que gostava de dar uma força ao Vasco na época, mudou o local do clássico do Maracanã para o acanhado estádio de Moça Bonita, causando a revolta de ambas as equipes que se recusaram a jogar

Mandem sugestões de outros clássicos nos comentários que atualizaremos a lista

Calcanhar de Nélio

Fla 2 x 1 Flu - Campeonato Brasileiro - 07/04/1991

Um clássico decidido aos 45 minutos do segundo tempo com um gol de calcanhar merece entrar em qualquer antologia. Nélio foi o responsável pela façanha, ao completar com estilo quase em cima da linha a bola roubada pelo Fla após Válber falhar na tentativa de fazer embaixadinha dentro da área. Renato, aos 42 da etapa inicial, e Jefferson, aos cinco da complementar, fizeram os gols anteriores do jogo.


Troco rubro-negro

Fla 3 x 2 Flu - Campeonato Carioca - 25/04/1993

Derrotado no clássico com um gol no fim no mês anterior, o Fla se vingou na mesma moeda. Vagner, aos 25 minutos, e Ézio, aos 36, deixaram o Flu com vantagem de 2 a 0. Mas Paulo Nunes diminuiu a diferença antes do intervalo, aos 43. Gaúcho, aos 24, empatou e Júnior, aos 37, garantiu a emocionante vitória rubro-negra.

Duplo W.O.

Fla x Flu - Campeonato Carioca - 13/05/1998

Por causa da transferência do clássico do Maracanã para Moça Bonita, pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj), as diretorias dos dois clubes se negaram a mandar a campo os times para a disputa. Resultado, duplo W.O. e tricampeonato estadual facilitado para o Vasco.

Oito gols em amistoso

Fla 5 x 3 Flu - Taça Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro - 20/01/1999

Depois de dois empates por 0 a 0 no ano anterior, um amistoso para lavar a alma das torcidas, mais dos rubro-negros do que dos tricolores. Romário marcou duas vezes pelo Fla, aos 25 minutos e 30, no jogo que abriu a temporada em que o Fluminense disputou a terceira divisão do Campeonato Brasileiro. Caio também fez dois, aos 37 e 39, ampliando a vantagem diminuída por Emerson aos 31. Pouco antes do intervalo, aos 45, Roni completou o placar de 4 a 2 do primeiro tempo. No segundo, Magno Alves balançou a rede quase no fim, aos 40 e Marcelo Santos fechou o show do time da Gávea.

Gol contra de goleiro

Fla 3 x 2 Flu - Campeonato Carioca - 7/05/2000

Agnaldo abriu o placar aos 18 minutos para o Flu, Petkovic empatou antes do intervalo, aos 45, e Reinaldo virou para o Fla no início do segundo tempo, aos dez. Mas o gol mais importante da partida foi de Zetti, goleiro tricolor. Aos 23 da etapa complementar, o camisa 1 saiu mal pelo alto, caiu desajeitado no chão e jogou a bola para dentro da própria meta, reclamando de falta inexistente do ataque rubro-negro. Luíz Gustavo ainda diminuiu a desvantagem, mas o lance inusitado foi decisivo no jogo.

Pênalti espírita

Fla 1 x 1 Flu - Final da Taça Guanabara - 3/03/2001

O empate com gols no segundo tempo, de Reinaldo, aos 20 minutos, e Marco Brito, aos 31, não foi tão marcante. O mais inesquecível desta partida foi a disputa de pênaltis, vencida pelo Fla por 5 a 3. Na cobrança do lateral-esquerdo Cássio, o goleiro tricolor fez a defesa parcial, mas a bola quicou com efeito e entrou no gol, surpreendendo até o jogador rubro-negro.

Vingança ao vice do vice

Fla 4 x 1 Flu - Campeonato Brasileiro - 12/04/2003

Com dois gols logo no começo da partida, aos cinco e aos 11, Zé Carlos comandou a vitória rubro-negra que valeu como vingança à goleada sofrida menos de um mês antes. Nas arquibancadas, a torcida do Fla lançou o grito "vice do vice", em relação à derrota do Flu para o Vasco na final do Campeonato Carioca. Fábio Baiano, aos 46 do primeiro tempo, e Fernando Baiano, aos 18 do segundo, também marcaram, enquanto Carlos Alberto fez o de honra do Tricolor, aos 32.

Xarás em destaque

Fla 4 x 3 Flu - Campeonato Carioca - 31/01/2004

No clássico em que Roger desfilou fora de campo antes do jogo se apresentando à torcida na sua volta ao Fluminense, o xará menos famoso brilhou, sendo o herói do Fla. O lateral-esquerdo marcou duas vezes, aos 26 e 30 minutos do segundo tempo, garantindo a vitória rubro-negra. Antes, Jean abrira o placar, aos 41 do primeiro, Romário, aos 43 e seis, antes e depois do intervalo, virara para o Tricolor, Felipe chegou a empatar novamente, aos 14, e Rodolfo, aos 19, tinha deixado o time das Laranjeiras em vantagem mais uma vez.

Carrasco se reafirma

Fla 3 x 2 Flu - Final da Taça Guanabara - 21/02/2004

Muita emoção na decisão do primeiro turno do Carioca do ano retrasado. No primeiro tempo, o Fla dominou e Fabiano Eller abriu o placar, aos 34. No segundo, muito mais emoção. Em dez minutos, quatro gols e a afirmação de um carrasco. Os rubro-negros perderam seguidas chances e Antônio Carlos empatou, aos 21. Mas, no reinício da partida, Jean deixou o placar favorável de novo ao time da Gávea. Pouco depois, num lance bisonho, Henrique marcou contra aos 26, igualando novamente. Aos 30, Roger recebeu passe longe e, na raça, decidiu o clássico mais uma vez.

Um comentário:

Renata Christovão Bottino disse...

Legal a lista, mas faltou o Fla-Flu da volta de Zico em 86, quando o grande Galinho marcou 3 gols e Bebeto, 1. Um dos jogos mais marcantes da minha infância. Um abraço, Renata