Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

sexta-feira, 13 de maio de 2011

FUSÃO É A SOLUÇÃO !



Alguém aqui se lembra de hegemonia igual em disputa de pênaltis? Eu não. E também não sei explicar se é apenas competência dos nossos goleiros e batedores ou se é consequência de uma amarelada geral dos nossos adversários. O fato é que contraria a lógica e leis matemáticas. Se disputa de pênalti é loteria, como muitos gostam de dizer que é, a Lei das Probabilidades está sendo desmoralizada. Foram nove vitórias nas últimas onze disputas. Como também já são OITO títulos conquistados, dos treze últimos disputados, consolidando uma supremacia tão clara quanto preocupante. Sim, preocupante.

Em praças onde tradicionalmente só há uma equipe forte, a tendência é o empobrecimento do futebol no estado. Já vimos este filme acontecer no Norte e Nordeste. Para que uma competição desperte interesse (e investimentos), é necessário que, pelo menos, dois clubes se mantenham competitivos. Exatamente como acontece no Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Quando não dá um, dá o outro e, quando não dá o outro, dá o um, mas sempre havendo um grande clássico. 

Por isso, e pensando unicamente na sobrevivência do futebol do Rio de Janeiro, gostaria de sugerir a fusão dos nossos principais concorrentes. Seria uma solução drástica, eu sei, mas possibilitaria a eles a formação de um elenco mais forte, um contingente de torcedores mais expressivo (somariam significativos 40% da torcida Carioca e 9% de toda a torcida brasileira), uma drástica redução nas suas despesas e, consequentemente, um risco menor de serem rebaixados novamente.

Sem falar que essa união também seria uma forma eficiente de coibir a violência que existe hoje em dia, já que seus torcedores estariam todos do mesmo lado. Com os dois estádios que passariam a ter, transformariam um deles em um ótimo centro de treinamento, começariam a formar jogadores, e aumentariam a possibilidade de se tornarem competitivos o bastante, para tentar evitar que continuemos mantendo essa supremacia avassaladora dos últimos anos.

Este novo clube, resultado da união de Vasco, Botafogo e Fluminense, poderia vir a se chamar VABONENSE ou BOVANENSE, por ex. E para que não perdessem identidade, utilizariam como símbolo um cachorro, do tipo que é chegado a um de pó de arroz, dentro de um barquinho à vela. Ficaria até bonitinho, não é mesmo?

A manutenção da situação atual poderia acabar significando um definitivo apequenamento dos três e a consequente existência de apenas um clube representativo no Estado do Rio. O que seria péssimo, tanto econômica quanto esportivamente, mesmo para nós. Portanto, pelo bem do futebol Carioca, FUSÃO É A SOLUÇÃO ! SENÃO PERDE A GRAÇA !

O que parece novamente contrariar a lógica e as Leis da Matemática é o fato de, este ano, termos feito três vices em um mesmo campeonato e já termos conquistado CINCO Taças, quando disputamos apenas duas competições. Tudo bem que uma das Taças é apenas o regate de uma injustiça histórica seguida de apropriação indébita. Mas esta profusão de Taças já deve até estar preocupando o responsável pela nossa recém inaugurada sala de troféus. É Taça da Copinha, Taça Guanabara, Taça Rio, Taça do Carioca. Será que tem lugar pra tudo isso?

E para encerrar os assuntos relacionados à lógica, não parece lógico um Campeão Invicto ser tão severamente criticado, até pelos seus próprios torcedores. Não deu espetáculo? E daí? A Seleção de 82 deu, não levou nada e deixou marcado um grupo infinitamente superior tecnicamente àquele que é reverenciado por ter conquistado a Copa de 94. Ao Campeão, principalmente invicto, não cabem críticas. Só aplausos, incentivo. Não convenceu? A mim sim. Estou convencidíssimo de que sou Campeão Carioca pela 32º vez.

E se no Rio não há mais nada a ser conquistado, está na hora de voltarmos a buscar um campeonato Nacional, que nos forneça o passaporte para voltar a sonhar com a conquista da América e do Mundo.
Nesta Copa do Brasil faltam apenas mais seis jogos e é neles que precisamos focar.  É uma barbada como o Carioca? Não, não é. Principalmente sabendo que vamos ter que ir até o final com este elenco com as carências que sabemos que possui. Mas é um caminho bem mais simples do que o Brasileiro disputadíssimo que enfrentaremos, mesmo depois da vinda dos tais reforços pontuais que precisamos.

Embora ainda estejamos inebriados com a comemoração de um título, não há espaço para acomodação. Vamos pegar uma equipe experiente, que possui bons jogadores, um ótimo treinador e, estejam certos, vai exigir muito mais de nós do que seus conterrâneos. Precisamos entrar com tudo no jogo daqui e aproveitar o descanso que conseguimos no fim de semana, o que não ocorrerá com eles, já que ainda estão envolvidos em uma decisão em seu estado. Estamos muito próximos da realização de mais um sonho. Basta manter a seriedade, dedicação e eficiência, que vem muito mais comemoração por aí.

PRA CIMA DELES, MENGÃO !!!

Ricardo Perez
http://www.flamengorj.com.br/coluna/contrariando-a-logica-.html

Dica: Ivo Fritz

4 comentários:

bruno disse...

Megão é campeão

João pedro disse...

Tô sem freio

Ivo Fritz disse...

Ser Flamengo é bom demais!!

Robertha Cabral disse...

Muito bom!!!