Pesquise no Flamengo Eternamente

Pesquisa personalizada

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Domingo eu vou ao Maracanã

Seguimos visitando as tradições do Flamengo, através de seus cânticos. Essa música é muito popular entre a torcida rubro-negra, que sempre canta Maracanã. A letra diz:


"Não quero cadeira numerada,
vou ficar na arquibancada,
pra sentir mais emoção.
Porque meu time bota pra ferver
e o nome dele são vocês que vão dizer".

Esse samba foi inspirado pelo melhor time que o Flamengo já teve, campeão Mundial de Clubes no começo dos anos 80. Mas foi adotado por torcidas de quase todas as cidades. É um sucesso de Neguinho da Beija-Flor.

“Olha o Maracanã aí gente!”

Em 1979, Neguinho da Beija-Flor compôs um samba que ia virar um hino. Não só do clube do coração dele, do Flamengo, mas de todas as torcidas. Também pudera, começa assim: “Domingo eu vou ao Maracanã”.

"Não quero cadeira numerada, vou ficar na arquibancada, pra sentir mais emoção. Porque meu time bota pra ferver e o nome dele são vocês que vão dizer", cantou Neguinho da Beija-Flor. “A minha felicidade foi que eu tive essa maldade de não dizer o nome do clube. Então virou um hino para todos os clubes: Paysandu, Grêmio, Inter, Bahia...”, disse.

Intimidade com a bola, o autor tem desde menino. “Eu jogava de ponta direita, mas não levei muita sorte, tive uma fratura grave e fiquei impossibilitado. Mas dos 15 aos 20 anos tive uma intimidadezinha”, contou o cantor.

Admiração pelo futebol também. “Domingo no Maracanã” foi feito para o Flamengo de Zico, Junior, Adílio, um time que colecionou títulos e que Neguinho admira até hoje. "Esse samba estourou mesmo naquele jogo Flamengo e Atlético. Gol de Nunes, 3 a 2, gol de Nunes sem ângulo", relembra.

Um comentário:

Marcelle disse...

Nada melhor q ter o privilégio de acompanhar o Flamengo, seja aonde for: No maracanã ou em qq outro Estádio deste país. Como diz a letra: "Por onde estiver, estarei", nem q seja c/a alma!